Fotografia Documental de Família Rio de Janeiro - RJ

Primeiros dias do Vicente

Vicente nasceu cheio de saúde, mas a amamentação foi difícil no começo, como para tantas famílias. Passei 24 horas documentando a família dele para meu projeto Um Dia quando ele ainda era bem pequenino, com 2 meses apenas. Nesta época, mamava e os pais complementavam com uma fórmula recomendada pelo pediatra, que também os incentivou a não desistir da amamentação exclusiva. A rotina era puxada pra Bia e pro Maurício, mas o progresso já era visível: a cada dia ele se adaptava mais ao peito e aumentava a quantidade de leite materno em proporção à fórmula, que ainda era oferecida, com ajuda de uma pequena sonda presa ao dedo mindinho, pelo pai (também orientação do pediatra, para que ele associasse a mãe exclusivamente ao peito e não corresse o risco de não querer mais este).

Eram dias e noite longas, mas foi muito incrível ver pai e mãe "amamentando" e dividindo todo o resto: tanto amor e tanto cuidado com este "projetinho" comum aos dois. Poucos meses depois deste ensaio documental, ele já estava exclusivamente no peito, cada dia mais forte e bonito. Botei uma foto dele um pouquinho mais velho no final, aos 4/5 meses, para verem como falo a verdade <3

A fotografia documental também é um tipo de ensaio, mas quase sem poses e intervenções minhas. Ela guarda a tal "vida real" em seus pequeno grandes momentos, todo o amor, a dedicação e o cuidado que, muitas vezes, a rotina esconde. Fiz estas fotos pro Vicente poder saber como foi de verdade, para além dos sorrisos para a câmera, mas contando com estes também, que a gente ama um retrato de família bem bonito. E para os pais dele sempre relembrarem como tudo tudo tudo valeu à pena!

Vicente com 4 meses, só 2 meses depois das fotos anteriores, já exclusivamente mamando no peito